#Dia 7: Virtude da Diligência

Bom dia, gente!

Hoje é o 7º dia do nosso Desafio Virtude do Dia e hoje vamos conversar sobre uma virtude que estamos sempre precisando trabalhar com as crianças: a virtude da Diligência.

Queria começar fazendo um exercício que fazemos nas aulas do curso da Academia de Pais e Professores quando trabalhamos tutoria:

De 0 a 10, qual nota você daria a você mesmo ao avaliar a Virtude da Diligência?

Colocar assim, em números, é sempre uma boa oportunidade de refletir sobre como estamos e por que nos avaliamos assim, não é?

Então vamos a mais um desafio?

Que Deus abençoe seu empenho no desafio de hoje!

. . . . . . .

VIRTUDE DA DILIGÊNCIA

Imaginem só! Havia uma menina que não se preocupava muito em fazer as coisas bem feitas. Quando ia fazer uma lição ela fazia de qualquer jeito para terminar rápido e ir logo brincar. Tudo ela dizia: “É que eu não tenho paciência”. Se era um desenho, não tinha paciência de pintar e riscava pra lá e pra cá. Se era um texto, não tinha paciência de fazer uma letra caprichada. Se era para arrumar a cama, não tinha paciência de esticar o lençol. A vida toda ela fazia tudo sem capricho, sem prestar atenção.

Um dia essa menina cresceu e resolveu que queria ser uma médica. O que vocês acham que aconteceu?

A nossa virtude de hoje, como vocês já sabem, é a Virtude da Diligência.

Ser diligente é ser zeloso, fazer tudo com cuidado e capricho, mesmo que leve mais tempo, mesmo que precise apagar e fazer novamente.

Essa virtude caminha muito perto da Virtude do Trabalho, porque geralmente o que leva uma pessoa a ser displicente e fazer tudo de qualquer jeito é também a preguiça e a pressa. “Por que se preocupar tanto?” – pensa a pessoa displicente. “É só fazer, não precisa deixar tão perfeito”. E assim segue a vida sempre sem se importar.

Nós não queremos ser assim, não é verdade?

Quando nos lembramos que, antes de tudo, todas as coisas que fazemos são para Deus, com certeza vamos querer fazer bem feito. Você se lembra daquele texto bíblico que diz: “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo.”? Colossenses 3.23-24

Essa deve ser sempre a nossa principal motivação para fazer tudo com capricho. Porque se nossa preocupação em fazer bem feito for mostrar para as pessoas, podemos cair em outro problema: o perfeccionismo – que é quando a pessoa tem uma preocupação tão grande em fazer tudo perfeito que acaba não conseguindo fazer nada.

Por isso hoje o desafio é conseguir ser diligente sem ser perfeccionista. Para isso vamos fazer assim: cada vez que você tiver uma tarefa hoje, você pensará: “Vou fazer o melhor que conseguir para que Deus se alegre quando olhar para o que eu fiz”.

E então, você aceita o desafio de cultivar hoje a virtude da Diligência?

. . . . . . .

Já tem o Material do Estudo das Virtudes? Aproveite para acompanhar o Desafio com as histórias e atividades do material. Ainda não tem? 
Veja aqui como adquirir

Os Cartões das Virtudes são um recurso muito bom para trabalhar o significado de cada virtude com as crianças por meio dos versos.
Você pode adquirir os cartões para impressão aqui (caso tenha o Estudo das Virtudes eles já vêm como presente).

Aproveitamos o momento para incentivar o estudo sobre como nossas práticas moldam o caráter das crianças. Conheça o nosso curso A Educação do Caráter da Criança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s