Autodidatismo: por que ensinar a criança a estudar sozinha

O que você faria se visse uma criança chorando dizendo que não aguenta mais aquela lição porque a professora passou algo difícil demais?

Nunca esqueço aquele dia quando, na reunião de pais para entrega das notas no último bimestre do ano, uma mãe me disse: “Prô, é culpa minha que ele tenha tirado essa nota, porque esse bimestre não pude estudar com ele para as provas”. Eu disse: “Não é sua culpa. Eu passei o ano todo ensinando a eles como estudar e ele sabe fazer isso. A responsabilidade por essa nota é toda dele mesmo”.

Uma das maiores tristezas que já vivi na minha vida de professora, foi a de lidar com um mundo que espera que as crianças se saiam bem nos estudos sem que precisem se esforçar para isso. Professores, pais, direção, coordenadores, tia da cantina… Todos sofrem e se angustiam quando uma criança tira notas baixas – menos o aluno. São poucos os pais que ainda trazem em sua mente aquele princípio antigo “seu dever é estudar e tirar boas notas; faça isso”. Eu lembro que meus pais viviam nos dizendo que nosso trabalho era o estudo. “Vocês têm suas tarefas para ajudar na limpeza da casa, mas a responsabilidade de vocês na vida por enquanto é estudar e fazer isso bem feito.”

O problema é que desde que o mundo aderiu a essa educação sentimental, onde o importante é a criança ser feliz e “aprender brincando”, qualquer professor ou pai que exija esforço das crianças é visto como “exigente demais”. Se a criança chora dizendo que não está conseguindo e que não aguenta mais uma lição, o bom professor conversa e explica que tudo que é bom nessa vida exige trabalho e vai ser difícil, mas que ela deve continuar e ser persistente porque é assim que conseguimos superar os desafios. 

Agora… Uma questão eu preciso colocar aqui em defesa das crianças: reclama-se muito de que é preciso que a criança se saia bem nos estudos – e por “se sair bem nos estudos” entenda-se: tirar boas notas. Mas na verdade poucas pessoas – tanto pais quanto profissionais da educação – estão de fato preocupados em ensinar às crianças como podem estudar sozinhas. Os alunos, de forma geral, passam toda a vida escolar dependendo de alguém que lhes explique os assuntos e sente ao seu lado para que consigam fazer as lições. 

A esmagadora maioria dos estudantes que passaram mais de doze anos estudando, chegam aos bancos da faculdade ainda dependentes de professores para explicar até os textos mais simples. Professores universitários enfrentam o drama de tentar formar pesquisadores quando seus alunos mal sabem interpretar um texto ou escrever uma composição textual coerente. A verdade é que, se colocar na ponta do lápis os gastos com professores de reforço, cursinhos e outras estratégias emergenciais, economizaríamos muito dinheiro se investíssemos em ensinar, de fato, os alunos a estudar. 

A arte de ensinar vai muito além de saber dar uma boa aula. Embora isso seja fundamental, é preciso que quem ensina saiba, antes de tudo, tornar o aluno alguém independente ao longo dos anos – não no sentido moral, que tanto se apregoa hoje, mas no sentido intelectual e acadêmico mesmo. 

No Curso 2 da Academia deste ano abordaremos os fundamentos práticos para quem quer ensinar bem – tanto para saber como ser um bom professor, como para saber como ensinar o aluno a estudar sozinho e se tornar um autodidata. Veja abaixo a grade desse segundo curso e também as aulas bônus que você receberá!

Ao se inscrever no Acesso Premium da Academia você terá acesso a todos os nossos cursos de formação para pais, materiais do Programa Valores e Virtudes, Academia de Pais e Academia Kids. Uma vez inscrito você pode escolher de quais cursos ou atividades deseja participar, conforme a necessidade ou prioridade da sua família neste momento.

Clique aqui para saber mais: Academia Educar com Sapiência 2020

Clique aqui para saber mais: Academia Educar com Sapiência 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s